Você sabe escolher o terreno ideal para construir sua casa?

Escolher o terreno certo para construir sua casa vai além de encontrar a localização ideal e o empreendimento ideal para a família. É preciso enxergar além.

Isso quer dizer que você precisa pensar à frente, no momento em que a residência estará pronta, a fim de prever situações e construir um lar do seu jeito.

Por isso, se você ainda não sabe por onde começar quando o assunto é escolher o terreno ideal, este conteúdo completo vai ajudar nessa decisão.

No que você deve pensar para construir a casa dos sonhos?

Para acertar na escolha do terreno, é importante saber quais são as necessidades da família e, assim, decidir se o loteamento possui as características que atendam essas necessidades.

Geralmente, há três pontos fundamentais em um loteamento que devem fazer parte da lista de prioridades: localização, área de lazer e infraestrutura.

Morar em uma região de fácil acesso e próxima do comércio traz muita facilidade ao dia a dia. Em relação às áreas de lazer, quem possui filhos, sabe como é bom ter espaços onde eles possam brincar com segurança.

Além disso, áreas como a horta comunitária, por exemplo, são ideais para integrar as pessoas e trazem a oportunidade dos vizinhos também se conhecerem.

Por fim, a infraestrutura do loteamento merece destaque. Afinal, um empreendimento construído com qualidade oferece segurança, além de gerar menor custo de manutenção.

Como escolher o tipo de terreno ideal para construir

Agora que você sabe o que fazer para escolher o melhor empreendimento, é hora de escolher o terreno para construir sua casa.

Basicamente, há três tipos diferentes de terrenos para construção: terreno plano, terreno em declive e terreno em aclive. A seguir, você conhece as diferenças entre eles.

1 Terreno plano

É caracterizado por estar no mesmo nível da rua em toda sua extensão. Ou seja, não há inclinações na frente, nem nos fundos do terreno.

Vantagens:

  • Custo baixo com movimentação de terra e fundação;
  • Tempo total da obra reduzido, pois não exige técnicas complexas;
  • Facilidade de visualizar o projeto pronto, visto que o terreno inteiro está no mesmo nível.

Desvantagens:

  • Valor do metro quadrado mais caro, pois é o tipo de terreno mais procurado;
  • Dificuldade para criar um projeto diferenciado;
  • Privação de uma vista privilegiada.

2 Terreno em declive

O terreno em declive possui uma inclinação para baixo. Nesse sentido, a parte da frente do terreno está no nível da rua, enquanto a parte de trás está abaixo.

Vantagens:

  • Vista privilegiada nos fundos da propriedade;
  • Permite construir pavimentos no subsolo;
  • Valor por metro quadrado mais barato;
  • Tendência maior a valorização;
  • É possível criar um projeto exclusivo.

Desvantagens:

  • Escoamento de água prejudicado;
  • Custo maior para construir uma estrutura de sustentação segura.

3 Terreno em aclive

O terreno em aclive também possui uma inclinação, mas para cima. Dessa forma, a parte da frente do terreno fica no nível da rua e a parte de trás fica mais alta.

Vantagens:

  • Vista frontal privilegiada;
  • Permite criar um projeto diferenciado;
  • Fachada imponente e sensação de ter mais espaço;
  • Privacidade para as áreas íntimas e de lazer;
  • Recebe luz solar por mais tempo;
  • Valor do metro quadrado mais barato e tendência de valorização;
  • Escoamento de água mais rápido, devido à inclinação do terreno.

Desvantagens:

  • Custo maior para construir uma estrutura de sustentação segura.

Outro detalhe importante é que, se você tem um projeto iniciado, verifique se ele está adequado ao terreno escolhido. Assim, você evita surpresas durante a construção.

Ainda está com dúvidas sobre a aquisição de um terreno? O Grupo Lumis disponibiliza diversos materiais para ajudar você a realizar essa compra e construir a casa dos seus sonhos. Acesse a página e baixe os materiais gratuitos!