Alvenaria convencional vs. estrutural: conheça as diferenças

Alvenaria convencional

Alvenaria convencional e estrutural são alguns dos métodos de construção utilizados para fazer uma casa.

Saber como eles funcionam e quais são as vantagens e desvantagens de cada um ajuda na melhor escolha para cada caso.

Neste texto, você vai descobrir a função desses métodos em uma obra, além dos pontos positivos e negativos.

Dessa forma, você terá o respaldo necessário para escolher o método que melhor se adapta ao projeto da sua futura residência.

Quais são as vantagens e desvantagens da alvenaria convencional e estrutural

Primeiramente, é necessário explicar qual é a diferença entre esses tipos de alvenaria, pois cada um tem prós e contras que podem influenciar na construção.

  1. Alvenaria convencional

  2. Este tipo de alvenaria é caracterizado pela utilização de pilares, vigas e lajes para sustentar a construção.

    Nesse sentido, as paredes funcionam apenas como uma estrutura de vedação e delimitação dos ambientes da residência.

    A alvenaria convencional é o método mais comum utilizado para construir casas, edifícios e outros tipos de construções, pois é bastante flexível em relação às alterações de projeto.

    Vantagens:

    • Fácil manutenção;
    • Flexibilidade para realizar alterações durante a construção;
    • Facilidade para encontrar mão de obra qualificada;
    • Permite a execução de um projeto criativo.

    Desvantagens:

    • Custo maior;
    • Desperdício de materiais: instalações elétricas e hidráulicas são executadas somente após a construção das paredes, sendo necessário quebrá-las para fazer as instalações;
    • Tempo de execução maior.
  3. Alvenaria estrutural

  4. Ao contrário da alvenaria convencional, a estrutural não necessita de pilares e vigas, pois são as paredes e lajes que sustentam a estrutura.

    Esse tipo de alvenaria impossibilita mudanças no projeto, visto que será necessário realizar cortes nos blocos e outras modificações que podem comprometer a sustentação.

    Vantagens:

    • Construção mais rápida;
    • Redução da perda de materiais: instalações elétricas e hidráulicas podem ser executadas em paralelo à construção das paredes;
    • Custo menor;
    • Sustentabilidade devido à redução do uso de materiais, como a madeira.

    Desvantagens:

    • Não permite modificações durante a obra;
    • Impossibilita criar um projeto diferenciado;
    • Não pode ser utilizado em qualquer tipo de projeto;

    Além desses dois, a seguir você pode ler mais sobre um método extra, a fim de complementar seus conhecimentos.

  5. Casas pré-moldadas ou pré-fabricadas

  6. As casas são construídas com peças fabricadas em moldes e encaixadas umas nas outras, como em um quebra-cabeças.

    A diferença entre pré-moldado e pré-fabricado é simples: na primeira opção, as peças são feitas no próprio local da construção. Já na segunda, essas peças são fabricadas em outro local e transportadas para o canteiro de obras.

    Vantagens:

    • Agilidade na construção;
    • Projeto pré-definido, o que permite maior controle sobre os custos;
    • Possibilita muitas opções de finalização (cores, formas especiais, acabamento com pedras decorativas, etc.);
    • Sustentabilidade, pois as estruturas podem ser reutilizadas ou recicladas.

    Desvantagens:

    • Necessita de mão de obra especializada;
    • No caso das casas pré-fabricadas, o transporte das peças pode ser alto, dependendo da distância;
    • Dificuldade de personalizar o projeto.

    Viu só como cada método construtivo possui suas vantagens e desvantagens?

    Os requisitos que você deve utilizar para escolher a alvenaria convencional, estrutural ou as casas pré-moldadas/pré-fabricadas são: orçamento, tipo de projeto e tempo disponível para construção.

    Além disso, faça um estudo com um profissional qualificado, a fim de entender qual é o melhor método para o seu caso.

    Gostou do conteúdo? A Costa Sul Urbanismo disponibiliza e-books, planilhas de custos e outros materiais para ajudar você no processo de construção da sua residência.
    Mas se você ainda está procurando um terreno, conheça os empreendimentos da loteadora e dê o primeiro passo para realizar seu sonho!