Você realmente sabe o que é amortização de parcelas? Venha descobrir!

Muitas pessoas, quando vão investir em algum bem, seja um imóvel, ou até mesmo uma reforma na casa, não têm os recursos necessários para o investimento, por isso acabam recorrendo aos famosos financiamentos. Mas, é fundamental saber que, ao entrar em um financiamento, o investidor deve compreender bem o que é amortização de parcelas.

Em um financiamento, os recursos são oferecidos ao solicitante para que ele pague o seu bem comprado à vista. Em seguida, o valor principal que o banco emprestou precisa ser devolvido com o acréscimo de juros, é claro.

O nosso objetivo é explicar o conceito, as vantagens e as melhores formas de fazer amortização de parcelas. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e aproveite!

Qual é o conceito de amortização de parcelas?

A amortização de parcelas nada mais é que a diminuição total de uma dívida, ou seja, ao fazer o pagamento de cada mensalidade, você vai amortizar o seu saldo devedor. Em toda dívida, existe a cobrança de taxas de juros, por isso, as parcelas sempre têm valores bem maiores que o da amortização. Sendo assim, o valor que será amortizado é o valor do pagamento da parcela sem a incidência dos juros.

Quais são as vantagens que a amortização proporciona?

A maior vantagem que a amortização de financiamento proporciona é a possibilidade de reduzir as prestações ou então o prazo de pagamento. Além disso, ela faz com que os encargos e juros embutidos sejam bem menores, o que também vai trazer um grande retorno para o orçamento do solicitante.

Como escolher a melhor opção para amortizar as parcelas do financiamento?

As melhores opções de amortização são a tabela Price e a SAC. Veja como elas funcionam!

Tabela Price

O sistema de parcelas é fixo e geralmente apresenta taxas mais altas do que na tabela SAC, afinal, não há um índice de correção a ser aplicado.

Tabela SAC

Essa tabela trabalha com a atualização das prestações, sendo a mais comum no mercado hoje em dia. Ao pedir uma amortização e um contrato que tenha essa tabela como referência, o investidor vai ter os juros e o saldo que ainda deve para o banco atualizados.

Lembrando que, ao fazer um financiamento para comprar um bem, contar com o auxílio de um especialista pode ser fundamental para que você saiba mais sobre as tabelas.

Uma opção que também é possível para amortizar parcelas é usar o FGTS. O dinheiro que é depositado no fundo rende somente 3% ao ano, uma taxa bem menor que a inflação. Por isso, a pessoa acaba perdendo poder de compra ao longo do tempo.

Sendo assim, para fazer um uso melhor do dinheiro, é possível empenhá-lo para fazer o pagamento de um financiamento, tendo como benefícios a não desvalorização do dinheiro e ainda a redução do prazo de pagamento.

O que levar em conta no momento de tomar a decisão?

O primeiro questionamento que deve ser feito é se é mais viável ter essa quantia aplicada ou utilizá-la para fazer a amortização. Para que você consiga responder a essa questão, é necessário fazer a comparação do quanto vai render a sua aplicação e a redução que você teria com a amortização.

O segundo questionamento a ser feito é: o que é mais vantajoso, diminuir a dívida das prestações sem modificar o prazo do contrato ou fazer o pagamento das últimas mensalidades e reduzir o prazo para concluir o contrato?

No primeiro caso, vai diminuir os valores a serem pagos, melhorando a sua situação financeira, e, no segundo, o investidor vai se livrar do financiamento de forma mais rápida. Então, é preciso levar em conta o que é mais relevante para a sua situação financeira atual.

Agora que você entende o que é amortização de parcelas do financiamento, ficou interessado em adquirir um imóvel? Então aproveite para entrar em contato conosco e conhecer os nossos produtos agora mesmo!