Compartilhamento e colaboração presentes nos espaços de morar

Hiperconectado, altamente informado e ligado a marcas capazes de construir vínculo e agregar valor. Essas são características apontadas em se tratando de traçar o perfil do chamado consumidor atual, que surgem como reflexo de novos estilos de vida. 

Afinal, vivemos tempos em que pessoas são mais ligadas a vivenciar experiências valiosas e garantir uma rotina pautada pela praticidade e qualidade de vida. É um contexto que tem impulsionado a economia colaborativa, que privilegia a experiência e ressignifica o consumo, ativando comportamentos mais inteligentes e sustentáveis. 

Projeções divulgadas pela consultoria PwC estimam que, em 2025, a engrenagem da economia colaborativa movimente, mundialmente, US$ 335 bilhões. Que o digam empreendimentos característicos da atual realidade tecnológica e disruptiva, como Uber, Netflix e Airbnb.

Mercado imobiliário não está de fora

Na área imobiliária, essa tendência se reflete, principalmente, na oferta de empreendimentos que propõem espaços de convivência e compartilhamento de bens e serviços. Pautada em um DNA inovador, a Lumis Construtora e Urbanismo fez de um dos seus mais recentes lançamentos, o NOW Residence, um case de integração ao norte colaborativo.

Um dos pontos altos da realização desse conceito é a sala de objetos compartilhados. Itens profissionais como aspirador de pó, escada, ferramentas e eletrodomésticos ficarão disponíveis para serem compartilhados entre os moradores. Uma saída super funcional para ter acesso a materiais que ajudam muito na nossa rotina, mas dos quais acabamos precisando mais eventualmente.

E como compartilhamento é uma ideia que tem tudo a ver com conexão, o projeto das áreas comuns do empreendimento também prevê interligação interna entre ambientes. A lavanderia e o fitness são um exemplo, permitindo que o morador aproveite para malhar enquanto aguarda o ciclo de lavagem de roupas. 

É uma forma de agilizar e tornar mais prática a vida dos condôminos. Afinal, tudo que o morador precisa no dia a dia, vai encontrar no próprio empreendimento, de forma acessível,  rápida e prática. É economia de tempo que representa qualidade de vida, em tempos de tanta correria e atividades.

Trabalho compartilhado

Para comportar a crescente tendência de trabalhar em casa, o empreendimento também tem um home office, com sala de reuniões e coworking exclusivo aos moradores, dotado de espaços privativos. Um local que, aos finais de semana, também se transforma e adapta, no melhor estilo do próprio NOW Residence, ganhando a atmosfera de área de convivência, com chopeira, churrasqueira e telão. 

Coroando todas essas perspectivas, a tecnologia dá suporte à gestão de toda essa estrutura compartilhada, num aplicativo de acesso restrito aos moradores que vai gerenciar a agenda e permitir as reservas dos objetos, bem como administrar o uso de áreas comuns

Isso além de inúmeras outras funcionalidades inovadoras que estão sendo pensadas para o app exclusivo. É outra forma de diferenciar, ainda mais,  a vida dos futuros moradores do NOW Residence.

Saiba mais em http://www.lumisconstrutora.com.br/