Como montar uma cozinha americana

Cozinhar nem sempre é um hábito, pelo contrário, muitos momentos de lazer ocorrem justamente em um jantar entre amigos. Por isso, é importante pensar em formas que facilitem essa integração no próprio espaço, substituindo as tradicionais cozinhas individuais por ambientes acoplados e aconchegantes. Esses projetos já existem e costumam ser bastante requisitados, são aquilo que chamamos de cozinhas americanas. Baseado em substituir divisórias de parede por bancadas e ilhas, o mesmo garante uma decoração diferenciada e faz da cozinha um espaço compartilhado entre todos da casa, algo que pode trazer benefícios para a rotina e para os momentos de lazer.

Dicas para planejar uma cozinha americana:

1. Comece analisando a planta

O objetivo de uma cozinha americana é integrar o ambiente com a sala, por isso, ao mexer em paredes não esqueça de consultar plantas e verificar a presença de pilares, fiações e encanamentos. Ao ter essa noção, é possível adaptar o projeto de forma criativa, como por exemplo, usando o espaço de um pilar para agregar uma coluna na decoração. Além de priorizar a segurança, essa é uma forma de prevenir gastos com manutenções desnecessárias na sua residência.

2. Aproveite cada espaço

Ao retirar uma parede você acaba tendo menos espaço para armários, por isso, é preciso aproveitar cada metro quadrado. Uma ideia interessante é utilizar a ilha que separa os ambientes como um balcão, garantindo assim um espaço a mais para armazenar alimentos e louças. Além disso, quando a cozinha for montada com móveis planejados, é importante que o espaço alto também seja adaptado, já que essa uma boa alternativa para guardar os acessórios menos utilizados.

3. Invista em uma coifa ou exaustor

Como o espaço da cozinha americana é dividido com a sala, o cheiro dos alimentos pode acabar se espalhando no local. Por isso, é importante adquirir uma coifa ou exaustor, que garante a eliminação de cerca de 90% desse odor. Na fritura de alimentos essa alternativa se torna ainda mais essencial, já que nesse caso, o cheiro costuma perdurar por mais tempo até mesmo em ambientes maiores.

4. Detalhes que integram o espaço

Por mais que a ilha separe a cozinha da sala, esses ambientes devem ser integrados na decoração de forma criativa. O revestimento de piso, por exemplo, ao compartilhar o mesmo modelo em ambos, você acaba ampliando a sensação de espaço e união entre os cômodos. Outro detalhe é escolha da cor da mobília, que acaba interferindo no conforto do morador quando bem escolhida. Para entender essa ideia tente imaginar uma cozinha em tons de vermelho, certamente ela irá proporcionar uma integração maior com a sala se ambas forem pensadas em conjunto. Nesse caso, um ambiente colorido acaba tendo um contraste maior se o outro for planejado de forma neutra.

5. Construa as possibilidades com criatividade

Planejar uma cozinha americana não é sinônimo de adquirir outros eletrodomésticos ou usar apenas móveis sob medida, pelo contrário, armários pré-fabricados e fogões tradicionais também podem render uma boa combinação. Com as medidas em mãos é possível comprar utensílios individualmente e montar um ambiente aconchegante com gastos menores. Em qualquer opção, o mais importante é usar a criatividade!